A Feira de Frankfurt

Quem está acompanhando o blog percebeu que essa semana ele ficou meio abandonado. O motivo foi muito trabalho e pouco tempo para escrever! Passei a semana passada inteira na Feira de Frankfurt trabalhando com a equipe do Widbook ( Não conhece? Se você gosta de escrever e ler você deveria estar lá!)

IMG_0928

Ou seja, essa semana farei alguns posts sobre essa experiência lá. Começando, a Feira de Frankfurt é o maior festival de livros do mundo! Só de expositores são mais de 7.500 com representantes de mais de 100 países!

Esse ano, especialmente o Brasil era o convidado de honra da feira (Conto mais detalhes dessa participação em outro post), ou seja, muitos livros brasileiros em alemão, português em todo lado e encontros interessantes com grandes autores brasileiros.

IMG_0969

A feira funciona da seguinte forma, os 3 primeiros dias (9, 10 e 11 de outubro) estavam abertos apenas para o que eles chamam de “trade visitors”, ou seja profissionais em busca de novos negócios e para imprensa. Os dois últimos dias ( 12 e 13 de outubro) foram abertos ao grande público!

A feira é realmente gigante, eu fiquei lá os 5 dias e acho impossível alguém conseguir visitar tudo o que tem lá! São 8 pavilhões com exposições e um único pavilhão já é maior que o Anhembi em São Paulo!

Nós ficamos na área “International Publishers” (editores internacionais, era no hall 8) e na sub área “Hot Spot Digital Inovation” ( Inovações digitais – stand M128).

Durante os 3 primeiros dias, o Widbook participou de duas apresentações e também assistimos algumas outras, a feira tem várias apresentações e workshops em todos os pavilhões.

Alguns dados interessantes que anotei durante a feira:

– “15% das vendas de ebook no Kobo no Brasil, são de livros de religião e filosofia.” Esse dado para Dave Anderson (VP de Gestão de Fornecedores do Kobo) foi o dado mais interessante em relação ao mercado brasileiro. Nenhum outro país tem uma porcentagem tão alta de vendas de livros nessa temática.

– “O Brasil é um dos únicos países do mundo em que muitas vezes o ebook é mais caro do que a versão impressa do livro.” Fala de Marcelo Gioia (Diretor Executivo da Cópia Brasil ) sobre uma curiosidade do mercado de ebooks no Brasil.

– “As novas tecnologias estão fazendo uma grande mudança na indústria editorial de hoje, principalmente em como os editores podem se tornar provedores de conteúdo em diversos formatos.” Paul Randall da HP.

Os dois últimos dias, a feira fica completamente lotada, principalmente os pavilhões de editoras alemãs, uma coisa interessante é que muitas pessoas vão vestidas de cosplay ( pra quem não sabe, são pessoas fantasiadas de personagem de desenhos japonês). Isso acontece, pois na área aberta da feira, eles aproveitam para fazer a final do campeonato (não sei se pode chamar assim) de cosplays alemão.

Algumas fotos do Widbook na feira:

IMG_0994

IMG_0918

IMG_1101

IMG_0951

Bom, por enquanto é isso, ainda vou escrever um pouco mais sobre a participação do Brasil e dicas da cidade ( principalmente dos restaurantes que nós visitamos)!

6 comentários em “A Feira de Frankfurt

  1. A cara da Gal e da Fer, mas eu também gostaria de estar lá, ia querer ver todas as identidades visuais, julgar todos os livros pelas capas e ver todos os cosplays (coisa de doido) hahahahaha
    Deve ser gigante, nem imagino o quanto!

Gente comenta aqui :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s